Lei Maria da Penha passa por mudanças

Da redação

A Lei Maria da Penha passou por mudanças no último mês e incorporou avanços no que diz respeito ao atendimento feito às mulheres que chegam às delegacias para tirar dúvidas ou registrar denúncias. Uma das novidades do texto é que essa recepção e escuta sejam feitas, preferencialmente, por servidoras do sexo feminino. A regra também vale para perícia e exames de corpo de delito em casos de violência sexual, pois cria uma relação mais empática entre as duas partes.

O atendimento nem sempre poderá ser feito por mulheres, mas, em todo caso, a qualidade da inquirição (perguntas feitas na hora do depoimento), da perícia e em outros momentos deve ser uma preocupação.