Maioria da população é contra intervenção militar no Brasil, mostra pesquisa

Da redação

O Instituto Paraná Pesquisas divulgou ontem (28), um levantamento que mostra a opinião da população sobre uma possível intervenção militar no país. 

Quando questionados se seriam a favor, ou contra, uma intervenção militar provisória no Brasil, 51,6% foi contra, 43,1% a favor, e 5,3% não sabia ou não opinou.

Sexo dos entrevistados

Quando fragmentamos a pesquisa por sexo, o estudo  mostra que: 52,6% do público que respondeu ser contra a intervenção são homens e 50,6% mulheres. Dentre os que responderam ser a favor, 43% são homens e 43,1% mulheres. No percentual que não sabia ou não opinou, 4,4% são homens  e 6,3% mulheres.

Faixa etária dos entrevistados

Quando analisamos por faixa etária, os resultados são: 47,8% dos que responderam ser contra têm entre 16 e 24 anos; 50,8% entre 25 e 34; 48,5% entre 35 e 44; 54,1% entre 45 e 59; e 56,2% têm 60 anos ou mais.

46,1% das pessoas que responderam ser a favor têm entre 16 a 24 anos; 44,3% entre 25 e 34; 45,9% entre 35 e 44; 41,8% entre 45 e 59; e 37,2% têm 60 anos ou mais.//

 

Dentre os que não sabiam ou não opinaram, 6,1% têm entre 16 e 24 anos; 4,9% entre 25 e 34; 5,6% entre 34 e 44; 4,2% entre 45 e 59; e 6,6% têm 60 anos ou mais.

Escolaridade dos entrevistados

No quesito escolaridade, 49,1% dos que foram contra a pesquisa têm Ensino Fundamental; 51,6% Ensino Médio; e 56,2% Ensino Superior.

44,4% dos que foram a favor têm Ensino Fundamental; 43,8% Ensino Médio; e 38,9% Ensino Superior.

Dentre os que não sabiam ou não opinaram, 6,6% têm Ensino Fundamental; 4,5% Ensino Médio, e 5% Ensino Superior.

PEA

Dentre a população economicamente ativa (PEA), 51,7% foram contra, 4,3% a favor; e 4,7% não sabiam ou não opinaram.

Em se tratando da população não economicamente ativa (não PEA), 51,3% foram contra; 42,1% a favor; e 6,7% não sabiam ou não responderam.

 

Região dos entrevistados

Quando separamos os entrevistados por regiões, 52,1% dos que foram contra estão concentrados na Região Norte + Centro-Oeste, 52,8% Nordeste; 50,3% Sudeste; e 52,4% Sul.

44,8% dos que foram a favor são do Norte + Centro-Oeste; 42,9% Nordeste; 43,2% Sudeste; e 41,1% do Sul.

Dentre os que não sabem ou não responderam, 3,2% são do Norte + Centro-Oeste; 4,3% do Nordeste; 6,5% do Sudeste; e 6,5% do Sul.

Para realização desta pesquisa foi utilizada uma amostra de 2.540 brasileiros, entrevistados entre os dias 25 e 28 de setembro.  Tal amostra atinge um grau de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2,0% para os resultados gerais. A pesquisa encontra-se registrada no conselho regional de estatística sob o nº 3122/ 17.