Malasya Airlines: buscas por avião serão pausadas

Da redação

Malaysia_Airlines_B777-200ERRepresentantes dos governos da Austrália, Malásia e China decidiram parar as buscas pelo Boeing 777-200 da Malasya Airlines, que desapareceu em março de 2014 quando voava entre Kuala Lampur e Pequim.

Faltam apenas 10 mil quilômetros de investigação nas áreas que têm prioridade. A pausa não é tida como definitiva e conforme evidências, as buscas podem retornar. A área abrange 120 mil quilômetros quadrados no Oceâno Índico

O avião da Malasya Airlines sumiu em 8 de março, com 239 pessoas a bordo. Entre os passageiros e a tripulação, haviam 150 chineses e 38 malaios.