Início Política Brasil Médico faz denúncias de números errados em mortes do COVID-19

Médico faz denúncias de números errados em mortes do COVID-19

 

O infectologista Roberto Badaró que trabalha no hospital Espanhol em Salvador declarou essa semana que mais de 40% dos pacientes que são atendidos em sua unidade não estão infectados com o COVID-19.

Segundo o médico os atestados de óbito dos pacientes que perdem a vida no local estão sendo prescritos com suspeita de COVID-19, o que segundo ele não é correto, principalmente por conta dos números serem acrescentados na conta que tem sido divulgada pelos órgãos responsáveis.

O Hospital Espanhol reabriu suas portas em Salvador no mês de abril, após cinco anos sem atividades. O espaço possui 220 leitos, sendo eles 140 de Unidades de Terapia Intensiva e outros 80 de leitos clínicos.

“No meu hospital, 40% dos pacientes que recebo não estão com o COVID-19, e quando morrem tem lá atestado de óbito o COVID-19, porque tem três campos no atestado de óbito e vem lá suspeita de COVID”, declarou Badaró para uma emissora de rádio local.

Deixe uma resposta