Foto: Cesar Greco / Palmeiras

O jogo começou movimentado no Allianz Parque. O Palmeiras chegou com perigo logo no início, com um chute de Esteves após finalização de Giovani, aos 4 minutos, e com Zé Rafael, um minuto depois, com um chutaço de fora da área que Alex Muralha defendeu. Depois, aos 9, foi a vez do Mirassol. Weverton espalmou cruzamento para o meio da área, e Cássio Gabriel mandou a bola para fora. A resposta veio aos 11 minutos. Viña cruzou da esquerda, e Giovani, na pequena área, mandou por cima.

A resposta do Palmeiras, aos 11, foi com um quase gol. Viña cruzou da esquerda, e Giovani, na pequena área, mandou por cima. Os dois times então demoraram para criar novamente. Aos 25 minutos, Giovani acertou o travessão e quase colocou o time Alviverde na frente do placar. Na sequência, Rafael Elias ficou na cara do gol, mas Alex Muralha, mais uma vez, defendeu. Foi ele quem iniciou a jogada que originou o gol do Mirassol. Aos 28 minutos, ele lançou, Moraes cruzou para Fabrício finalizar de primeira e marcar um golaço. O Palmeiras quase empatou, aos 36, mas parou em Muralha, que fez ótima atuação.

No começo do segundo tempo, o Mirassol ampliou. Luis Oyama lançou, Henri não conseguiu cortar, Diego Gonçalves, livre, tocou na saída de Weverton e fez um bonito gol para o time visitante. Mesmo com um a menos – Neto Moura recebeu o segundo amarelo por falta em Alan Empereur e foi expulso – a equipe comandada por Eduardo Baptista continou atacando. Moraes driblou Viña e Empereur e chutou forte de fora da área, mas Weverton fez ótima defesa e evitou o terceiro gol. O Palmeiras não conseguia levar perigo ao gol de Muralha, mesmo com um a mais em campo.

Até que aos 34 minutos, Ernanes colocou a mão na bola dentro da área: pênalti para o Alviverde. Gabriel Menino bateu mal e Alex Muralha, melhor jogador em campo, defendeu com facilidade. Dois minutos depois, Gabriel Silva emendou um chute da entrada da área e novamente o goleiro do Mirassol fez grande defesa.

De tanto insistir, o Palmeiras conseguiu o gol de honra. Alex Muralha se atrapalhou sozinho ao sair do gol e soltou a bola. Newton aproveitou e diminuiu para o Alviverde.

Com a derrota, o time de Abel Ferreira precisa de um milagre para se classificar para as quartas de finais. O Palmeiras tem 12 pontos e fica estacionado na terceira colocação do grupo C. Faltam apenas 4 jogos e o Novorizontino tem 5 pontos a mais. Já o Mirassol chega a 14 pontos, é líder do Grupo D e está com um pé na próxima fase da competição.

O Palmeiras agora encara o Independiente del Valle nesta terça-feira (27) pela segunda rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores.

No quinta (29), o Alviverde volta a entrar em campo pelo Campeonato Paulista e recebe o Inter de Limeira. No mesmo dia, o Mirassol visita a Ponte Preta.

ESPN

Deixe uma resposta