Morando doa parte do salário para entidade beneficente

Da Redação
O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, efetuou nesta sexta-feira (22) a doação do quinto cheque no valor de R$ 5.021,08 para entidade filantrópica com atuação social na cidade. O valor refere-se à devolução, à sociedade, de parte do rendimento mensal do chefe do Executivo, cujo aumento foi aprovado pelo último prefeito Luiz Marinho. Os repasses retroativos a janeiro já somam R$ 25.105,40.

Desta vez, a entidade contemplada foi o Grupo Assistencial Boréia, localizado na Vila Euclides. Fundada em 2003, a instituição atende 150 crianças de 0 a 15 anos no contraturno escolar, assim como familiares dos beneficiados e membros das comunidades onde está inserida. Além da unidade da Vila Euclides, a entidade também assumiu em julho estrutura de serviço social no Parque São Bernardo.

Em ambas as unidades, as crianças recebem alimentação, além de atividades educacionais e recreativas como Corpo e Movimento, Jogos Recreativos, Danças, Atividades Lúdicas e Artesanato. “Quanto mais investimos nas crianças, mais as protegemos de coisas negativas como a violência e a droga. Essa doação será importante para que a instituição consiga manter a qualidade dos serviços oferecidos e permitirá que as crianças beneficiadas tenham um futuro melhor”, destacou o prefeito Orlando Morando, durante ato de entrega do cheque.
De acordo com a coordenadora do Boréia, Neide dos Santos, o valor recebido será essencial para a compra de materiais e equipamentos voltados às atividades educacionais da entidade. “Esta é a primeira vez que vejo um ato como este de um prefeito doar seu próprio salário em prol de um trabalho social. Essa decisão, com certeza, vai ficar marcada para a história”, afirmou a coordenadora.
Além do valor recebido, o grupo assistencial também será um dos contemplados pelo programa desenvolvido pelo Fundo Social de Solidariedade (FSS), presidido pela primeira-dama Carla Sardano Morando, baseado na doação de brinquedos novos e usados, mas em boas condições, a crianças carentes. A entrega dos produtos será efetuada no dia 30 de outubro, mês em que é celebrado o Dia das Crianças. “Esta é uma ação que estamos realizando em parceria com as escolas particulares e outras instituições sociais com intuito de despertar a cidadania nas crianças e familiares”, informou Carla.
Antes de decidir pela doação do valor, o prefeito já havia tentado desfazer legalmente a majoração salarial implementada pelo ex-prefeito, por meio de articulação na Câmara. O pedido de revisão do aumento no vencimento foi rejeitado após o Judiciário considerar que a proposta fere Emenda Constitucional 41/2003, que determina que o subsídio mensal do prefeito seja o maior dos salários entre os funcionários públicos. Com a negativa, Morando pediu auxílio para a Procuradoria-Geral do Município (PGM), uma vez que seu objetivo era devolver o valor para os cofres públicos. Entretanto, a medida voltou a ser reprovada.

Outras entidades –
Esta foi a quinta instituição assistencial contemplada pelo acréscimo salarial do prefeito Orlando Morando. A primeira transferência beneficiou o Centro Comunitário Nossa Senhora do Guadalupe, no Jardim Laura, que atende 150 crianças e adolescentes entre seis e 16 anos, durante período de contraturno escolar.
No final de junho, foi a vez da Casa dos Velhinhos Dona Adelaide, localizada na Vila Campestre, receber o montante. A entidade acolhe em, tempo integral, idosos vítimas de violência e de abandono. No último dia 14 de junho, a doação de parte do salário do prefeito foi destinada ao Semea – Sementes do Amanhã, instituto de assistência social localizado no bairro Riacho Grande.
Em julho, o valor foi destinado à Associação Beneficente Shekinah (creche Pequeninos do Futuro), sediada no bairro Taboão. Fundada em 1974, a Shekinah é uma entidade sem fins lucrativos, conveniada à Prefeitura, que atende 60 crianças na Educação Infantil, além de 150 jovens e adultos, por meio de serviço social.