Morte de macaco deixa ABC em estado de alerta

Há uma semana um macaco da espécie sagui-de-tufos-pretos foi encontrado morto numa região conhecida como Sete Cruzes – área de mata na divisa de Mauá e Ribeirão Pires. Material foi coletado do primata e encaminhado ao Instituto Adolfo Lutz, que indicará se o animal estava infectado pelo vírus da febre amarela.

Os órgãos públicos aguardam resultado da análise para saber se o vírus da febre amarela circula pela região.

Casos similares

Em fevereiro, quatro macacos-prego foram encontrados mortos no Parque Cidade dos Meninos, em Santo André. No entanto, os laudos deram negativo para febre amarela.

Casos de Febre Amarela

Até ontem, foram confirmadas dez mortes de humanos por febre amarela silvestre no Estado, sendo 23 casos autóctones (contraídos fora da cidade em que o doente reside). Na região, apenas Santo André registrou óbitos em razão da doença.