MP apura denúncia de abuso sexual na Fundação Casa de S. Bernardo

360_e630ad34b5b02531ddbf282372748ef4Da redação

Denúncia de abuso sexual envolvendo dois adolescentes internados na unidade um de São Bernardo da Fundação Casa e um funcionário do local é investigada pelo MP (Ministério Público), que instaurou inquérito civil e criminal para apurar o caso.

A denúncia (anônima) chegou ao Conselho Tutelar de São Bernardo no dia 20 de junho deste ano. Diante da queixa, os conselheiros fizeram de imediato uma visita à unidade, onde ouviram os relatos dos dois jovens. Após os depoimentos, o órgão encaminhou as denúncias para o Ministério Público e a Promotoria de Justiça Cível de São Bernardo.

De acordo com a promotora de Infância e Juventude do município, Vera Lúcia Acayaba Toledo, todas as medidas cabíveis já foram tomadas pelo Ministério Público para resguardar a segurança dos meninos.

Conforme a promotora, a decisão de afastar o suspeito do convívio dos jovens, enquanto as denúncias são investigadas, ocorreu durante uma reunião entre Conselho Tutelar, Diretoria Regional da Fundação Casa e promotorias da Infância e Criminal.

Além do MP, o caso também é investigado pela Corregedoria da Fundação Casa. No caso do inquérito criminal, a investigação corre em sigilo e envolverá o trabalho dos policiais da Delegacia Seccional de São Bernardo.

Procurada, a Fundação Casa afirmou que tomou todas as providências cabíveis assim que soube da situação de abuso.