Mulheres se destacam entre eleitorado do Grande ABC

Por Matheus Angioleto

eleiçõesO TSE (Tribunal Superior Eleitoral) divulgou nesta segunda-feira (25), que mais de 140 milhões de brasileiros poderão votar nas eleições municipais que acontecem no dia 2 de outubro deste ano. Considerando as cidades de São Bernardo, São Caetano, Santo André, Diadema e Mauá, a região terá 1.946.466 eleitores.

A cidade com o maior eleitorado será São Bernardo, com 611.786 pessoas, sendo 11,42% da população pessoas entre 30 a 34 anos. As mulheres representam 53% do total (324.246). A menor porcentagem fica por conta dos adolescentes, a partir dos 16 anos (0,17%), que têm a opção de votar, ou não.  Cerca de 53% por cento dos votos virão das mulheres.

Já São Caetano, que possui o menor eleitorado, terá 128.454  votantes. Mais de 19% da população (24.688) tem o Ensino Superior Completo, além de compreender pessoas entre 35 a 39 anos (10,19%). A maior porcentagem também virá das mulheres, 56%.

O município de Santo André terá o voto de 572.250 eleitores, prevalecendo a faixa etária entre 30 a 34 anos, com 10,53%, o que representa 60.257 pessoas. Além disso, as estatísticas que mais se destacam são: Ensino Médio Completo  (23,93%)  e Ensino Fundamental Incompleto (24,20%).  Em Santo André, 52% dos votos virão do público feminino.

Com 330.918 pessoas, a cidade de Diadema terá como principais eleitores pessoas na faixa etária entre 30 a 34 anos (12,08%), o que representa 39.974 do total de votantes. Ademais, quase 26% dos eleitores possuem Ensino Fundamental Incompleto, ou seja, quase 85 mil pessoas. Em compensação, o Ensino Médio Completo abrange 23,43% do eleitorado, quase 78 mil pessoas.  Além disso, Diadema terá a mesma porcentagem de mulheres votando neste ano.

O eleitorado de Mauá será composto por 303.058 pessoas, sendo 52% mulheres (157.590). Eleitores entre 30 a 34 anos ficarão com a maior porcentagem dos votos (12,03%), exatamente 36.457 pessoas. O Ensino Médio Incompleto atinge 26,55% (80.461) do pleito, e o Ensino Fundamental Incompleto chega a 93 mil pessoas do total.