Novo Honda Civic chega ao Brasil a partir de R$ 87,9 mil

Da redação

Nove meses depois de ser revelada nos Estados Unidos, a nova geração do Honda Civic foi apresentada no Brasil na última quarta-feira (20).

Mas o lançamento nas lojas será só em 25 de agosto, quando começam as vendas, já como modelo 2017. Os preços partem de R$ 87,9 mil, mas alcançam os R$ 124,9 mil. Pela primeira vez o Civic ultrapassa a casa dos R$ 100 mil, o que alguns outros concorrentes já fizeram.

De acordo com a Honda, o público poderá fazer uma espécie de test drive virtual a partir do dia 30 deste mês.

Também haverá um primeiro lote de 1,5 mil unidades na fase de pré-venda.

Versões:

Sport – motor 2.0 flex e câmbio manual – R$ 87,9 mil
Itens de série: ar-condicionado digital, direção elétrica, vidros elétricos com função “um toque” para subida/descida em todas as posições, freio de estacionamento eletrônico, velocímetro digital, controle de velocidade de cruzeiro, controles de tração e estabilidade, 6 airbags, assistente de partida em rampa (HSA), luzes de diurna de LED (DRL), faróis de neblina e sistema Isofix para fixação de cadeirinhas, central multimídia com Bluetooth, entrada USB, câmera de ré e controles ao volante.

Sport – motor 2.0 flex e câmbio CVT – R$ 94,9 mil
Itens de série: Mesmo pacote da Sport manual, mais câmbio CVT com paddle-shifts para mudanças de marcha.

EX – motor 2.0 flex e câmbio CVT – R$ 98,4 mil
Equipamentos: Mesmo pacote da Sport CVT, mais bancos de couro, painel de instrumentos digital, retrovisores rebatíveis e com repetidores de seta e acabamento cromado.

EXL – motor 2.0 flex e câmbio CVT – R$ 105,9 mil
Equipamentos: Mesmo pacote da EX, mais central multimídia de 7 polegadas sensível ao toque, com navegador e compatibilidade com CarPlay, da Apple, e Android Auto, do Google, que reproduzem os recursos dos smartphones com esses sistemas e painel de instrumentos totalmente digital, com tela de TFT.

Touring – motor 1.5 turbo e câmbio CVT – R$ 124,9 mil
Equipamentos: Mesmo pacote da EXL, mais câmera abaixo do retrovisor direito que mostra as imagens na tela central, para auxiliar em mudanças de faixa, partida por botão e entrada sem necessidade de chave, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, 8 opções de ajuste elétrico para os bancos dianteiros, sensor de chuva (para o limpador de para-brisa), retrovisor que escurece à noite, teto solar elétrico, detalhes em alumínio nas portas e no painel e maçanetas externas cromada e faróis full LED.

O primeiro Civic turbo
Além do visual, a outra grande novidade do Civic está sob o capô: o inédito motor 1.5 turbo de 4 cilindros, que, nos EUA, desenvolve 176 cavalos com gasolina -ainda não será lançada uma versão flex dele. Por aqui, o mesmo motor terá 3 cv a menos, chegando aos 173 cv. O câmbio será do tipo CVT, só que desenvolvido especialmente para este motor.