Número de mortos após ataque em Bagdá chega a 200

MIDEAST-CRISIS_IRAQ-VIOLENCE-G7J2B3JCJ.1Da redação

O número de mortos durante atentado praticado pelo grupo Estado Islâmico em Bagdá subiu para 200, segundo autoridades locais. Um carro-bomba explodiu no bairro de Karada, que estava lotado de jovens e famílias que celebravam o fim do Ramadã, o mês sagrado para os muçulmanos.

O ataque ocorreu no último sábado (2) à noite (domingo, pelo horário brasileiro), e foi sucedido por outro atentado em Bagdá, também reivindicado pelo Estado Islâmico. O carro-bomba era um caminhão frigorífico que pegou fogo após a explosão. Os bombeiros demoraram para chegar ao local, o que resultou no grande número de vítimas. Entre os mortos, estão 25 crianças.

Em um comunicado na internet, o Estado Islâmico assumiu a autoria do atentado e disse se tratar de uma vingança contra os xiitas, considerados hereges pelo grupo sunita. Embora o bairro atacado fosse xiita, quase metade das vítimas do ataque em Karada era sunita, de acordo com a imprensa local.