O buraco está fechando! Buraco na camada de ozônio começa a encolher

19762699Da redação

Um estudo revelou que o buraco encolheu cerca de quatro milhões de quilômetros quadrados – uma área do tamanho da Índia – desde 2000.

O estudo atribuiu a recuperação da camada de ozônio ao “declínio contínuo do cloro atmosférico proveniente de clorofluorcarbonetos (CFCs)”, ou componentes químicos que eram emitidos por limpeza a seco, geladeiras, spray de cabelos e outros aerossóis.

Em 1987, a maioria dos países assinaram o Protocolo de Montreal, que proibiu o uso de CFCs.

O buraco na camada de ozônio foi descoberto na década de 1950, e alcançou um tamanho recorde em outubro de 2015.