O congresso em Adis Abeba só existiu na cabeça de Lula

Impedido de decolar pelo confisco do passaporte, Lula gravou uma mensagem em vídeo aos participantes de um congresso sobre a fome realizado na Etiópia. Fantasiado de perseguido político, entre outras demonstrações de que mente mais do que respira, o ex-presidente lamentou a perda da chance de mostrar como fez para que acabasse no Brasil a fome que continua.

Nesta quarta-feira, o jornalista Carlos Brickmann informou em sua coluna na internet que o encontro ocorrerá no fim de fevereiro em Cartum, no Sudão.

Neste instante, a Etiópia não tem nenhum congresso do gênero em andamento. Também não tem nenhum tratado com o Brasil que permita a extradição de condenados foragidos.

Fonte: Artigo publicado hoje (31) no site da Veja, na coluna 1 Minuto com Augusto Nunes