Foto: Rafael Ribeiro / CBF

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) ontem (30) que o segundo jogo da Recopa Sul-Americana, entre Palmeiras e Defensa y Justicia (Argentina), será no Estádio Nacional de Brasília, o Mané Garrincha. O duelo está marcado para o dia 14 de abril, às 21h30 (horário de Brasília). Uma semana antes, no dia 7, às 21h, o estádio Norberto “Tito” Tomaghello, em Florencio Varela (Argentina), sedia a partida de ida.

A mudança tem a ver com as restrições aos jogos de futebol em São Paulo, devido à Fase Emergencial, a mais restritiva no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (covid-19), que está em vigor até 11 de abril e tem possibilidade de prorrogação. O regulamento da Conmebol prevê que os clubes informem a mudança no local em que atuarão como mandantes com, pelo menos, 15 dias de antecedência.

A proibição já tem impactado as partidas do Campeonato Paulista, suspenso desde o último dia 15. Desde então, somente dois jogos foram realizados, ambos no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), após acordo entre as federações Paulista (FPF) e de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) e a prefeitura do município fluminense. A entidade que gerencia a modalidade em São Paulo tenta convencer o governo estadual e o Ministério Público de que é viável ter duelos em território paulista.

A ida para Brasília auxilia a logística do Palmeiras para a semana do duelo. No dia 11, três antes do jogo de volta da Recopa. o Verdão decide a Supercopa do Brasil com o Flamengo. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ainda não confirma em seu site oficial, mas a expectativa é que a final também seja disputada no Mané Garrincha.

A Recopa opõe os campeões dos dois principais torneios da América do Sul em 2020. O Palmeiras se credenciou com o título da Libertadores, conquistado na vitória sobre o Santos, no Maracanã, no Rio de Janeiro, por 1 a 0. O Defensa levou o inédito troféu da Copa Sul-Americana ao bater por 3 a 0 o também argentino Lanus no estádio Mario Kempes, em Córdoba (Argentina).

Agência Brasil

Deixe uma resposta