Foto: Marcos RIbolli

Atual campeão paulista, o Palmeiras conquistou nesta quinta-feira (11) sua primeira vitória na edição 2021 do Estadual, diante do São Caetano, por 3 a 0, em partida atrasada da primeira rodada.

No Allianz Parque, o time alviverde atuou com uma equipe formada por reservas e atletas da base. Tony, Breno Lopes e Lucas Lima fizeram os gols da equipe, que está em terceiro no Grupo C, com quatro pontos.

Os palmeirenses têm uma partida a menos em relação aos demais, já que disputou nos últimos dois finais de semana a final da Copa do Brasil, na qual venceu o Grêmio e conquistou o tetracampeonato.

A competição encerrou a temporada 2020 alviverde, uma das mais vitoriosas da história da equipe, com três títulos conquistados. Além do mata-mata nacional e do Paulista, o time levou a Libertadores. Por isso os principais jogadores ganharam um período de férias. Até o técnico Abel Ferreira tirou folga e viajou a Portugal.

O auxiliar do treinador, João Martins, foi quem comandou os atletas diante do São Caetano. O jogo desta quinta ocorreu horas após o Governo do Estado de São Paulo anunciar a suspensão do futebol e de todas as outras atividades esportivas como parte do novo pacote de medidas para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus. A suspensão entrará em vigor na segunda (15) e será mantida até o dia 30, quando uma nova avaliação da situação do estado será feita.

Desta forma, a rodada do fim de semana, na qual o Palmeiras enfrentará a Ferroviária, está mantida. A tendência é que o auxiliar João Martins mantenha a mesma formação que encarou o time do ABC. Com atuação segura, o Palmeiras controlou o ritmo, sobretudo com as jogadas de Gabriel Menino, Scarpa, Breno Lopes e Lucas Lima, este último abriu mão da folga e foi o nome do jogo.

O camisa 20 participou dos três gols. Aos 11 minutos da etapa inicial, ele serviu Empereur na esquerda, o zagueiro cruzou na pequena área e Tony desviou contra. Depois, aos 36, Lima serviu Breno Lopes, que bateu de chapa para ampliar. Antes do intervalo, aos 40, foi a vez do próprio meia deixar o dele, num chute de fora da área que contou com falha do goleiro.

Na etapa final, o Palmeiras trabalhou a bola no campo de ataque e marcou o quarto gol, anulado pelo VAR por impedimento, mas não teve o mesmo ritmo dos primeiros 45 minutos.

Deixe uma resposta