Papa Francisco muda regras de controle financeiro para o Vaticano

Da redação

pope-francis-707390_960_720O papa Francisco publicou decisão que impõe à Administração do Patrimônio da Sé Apostólica a tarefa de controlar os pertences da igreja. O documento representa também o ponto final na reforma dos organismos que se ocupam do controle e da vigilância sobre o patrimônio da Santa Sé.

Em julho de 2015, o Papa havia transferido a gestão dos imóveis da igreja para a Secretaria para Economia, criada em 2014 para ter autoridade sobre toda as atividades econômicas da Santa Sé. Agora, o órgão que tem como líder o cardeal George Pell, ficará responsável pela vigilância.

A decisão coloca fim no conflito de interesses existente dentro da Secretaria para Economia, que fazia atividades de gestão e controle ao mesmo tempo. É explicado que “os bens temporais da Igreja” são destinados “ao culto divino, ao sustento do clero, ao apostolado e às obras de caridade, especialmente a serviço dos pobres”.