Papa Francisco vai ao primeiro compromisso oficial na Polônia

Da redação

O papa Francisco se reuniu com autoridades do país no Castelo de Wawel, em seu primeiro compromisso oficial na Polônia e pediu que o sonho de João Paulo II, de um “novo humanismo europeu”, seja de fato implantado.

Assim que chegou ao local da conversa, o líder católico foi recebido pelo presidente do país, que reafirmou a alegria de seu governo em sediar a JMJ (Jornada Mundial da Juventude), idealizada pelo papa polonês.

Dizendo estar feliz por começar sua primeira viagem para essa região da Europa pela Polônia, o Pontífice destacou a história de “perdão” que marca o povo polonês, vítima de inúmeros conflitos e, especialmente, da 2ª Guerra Mundial.

Entre os temas abordados pelo santo padre, esteve a questão imigratória. O pontífice destacou que há “desafios” para as populações atuais, entre as quais, o “fenômeno imigratório”, que “pede a coragem da verdade e um constante empenho ético” para que sejam tomadas decisões que “respeitem a dignidade humana”.