Pedido de cassação de Cunha será lido hoje na Câmara

Da redação

eduardo-cunhaEduardo Cunha (PMDB-RJ) tem como principais acusações a seu respeito a negação das contas na Suíça, durante a CPI da Petrobras. O MPF (Ministério Público Federal) tem provas que comprovam as contas, e Cunha afirma que não é titular da conta, mas beneficiário de trustes.

A partir da leitura de hoje (8) do parecer que pede a cassação do parlamentar, o prazo de duas sessões para a votação começa a ser contado. A aprovação por 257 parlamentares já decide o futuro de Cunha. Se não tiver 257 votos, o processo será arquivado.

O esperado é que a votação ocorra na sessão que está marcada para às 16h de hoje. Se os parlamentares decidirem pela cassação de Cunha, a expectativa é a conclusão do processo até o fim deste mês.