Petrobras anuncia alta de 1,28% no preço da gasolina

A Petrobras anunciou nesta terça-feira (15) o aumento de 1,28% no preço da gasolina comercializada nas refinarias. Com isso, o litro passará de R$ 1,9173 para R$ 1,9420 a partir desta quarta-feira (16). Na véspera, a petroleira elevou em 0,89% o preço do combustível.

O litro do diesel segue em R$ 2,0316 desde 1º de junho, quando a estatal reduziu em R$ 0,07 o preço. O compromisso foi originado da greve dos caminhoneiros, iniciada no fim de maio. Uma das principais reivindicações da categoria era redução no preço do diesel.

No início do mês, o presidente Michel Temer assinou decreto que regulamenta concessão, pela União, de subsídio à comercialização de óleo diesel rodoviário no território nacional por produtores e importadores. O preço de referência de comercialização é o mesmo fixado no decreto de 7 de junho e que vem sendo praticado até hoje.

A estatal adota novo formato na política de ajuste de preços desde 3 de julho do ano passado. Pelo método, os reajustes acontecem com maior periodicidade, inclusive diariamente, de forma a refletir as variações do preço do petróleo e do câmbio. Desde então, o preço da gasolina comercializada nas refinarias acumula alta de 47,82% e o do diesel, valorização de 49,92%, segundo o Valor Online.

O preço médio da gasolina terminou a semana passada vendido a R$ 4,46 nos postos do país, uma queda de 0,26% em relação aos sete dias anteriores, segundo pesquisa semanal da Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP). Foi a terceira semana seguida de queda. O valor representa uma média calculada pela ANP com os dados coletados nos postos, e, portanto, os preços podem variar de acordo com a região.

Já o diesel subiu 0,18%, para R$ 3,377 por litro, também considerando a média. Foi o primeiro avanço após três semanas consecutivas de queda. O preço das refinarias segue congelado pela Petrobras desde o acordo feito para encerrar a greve dos caminhoneiros.

O preço do etanol terminou a semana em R$ 2,688 por litro, em média, o que representa um recuo de 1%. Foi a nona semana seguida de queda. Já o valor do botijão de gás de cozinha ficou quase estável na semana, na média de R$ 68,44.

Fonte: G1

Imagem: Reprodução/Internet