P&G encerra atividades em São Bernardo do Campo

Da redação

Cerca de 175 serão desligados gradativamente da P&G (Procter & Gamble) em São Bernardo do Campo.

O processo será feito em duas fases: primeiro, os funcionários da área de sabão em pó, até dezembro deste ano, e depois os da área de amaciantes, até março de 2017. A produção será concentrada em Louveira, no interior do Estado.

A empresa deixará de operar no segmento de sabão em pó, focando em detergentes líquidos e amaciantes concentrados.

De acordo com o comunicado, a empresa informa que procura “minimizar o impacto dessa mudança através de transferência para a própria fábrica de Louveira e outras fábricas no Brasil, bem como para outras funções, aposentadorias antecipadas ou programas de demissão voluntária e recolocação bem acima do exigido por lei”.