Plano habitacional beneficia moradores de São Bernardo

Da redação

Foto: PMSBC
Foto: PMSBC

Historicamente a ocupação irregular de espaços na cidade de São Bernardo foi motivada pela expansão populacional e a intensa chegada de migrantes. Para suprir tais fatores,  a prefeitura entregou 4.852 unidades habitacionais desde 2009 e investe 8,3% do orçamento anual neste setor.

As unidades habitacionais são distribuídas em dez locais distintos, que contam com obras de urbanização, instalação de redes de água, esgoto e pavimentação.

As novas moradias acomodaram várias famílias que tiveram dificuldades ao longo dos anos, passando décadas em alojamentos ou em casas improvisadas que muitas vezes eram invadidas pelas chuvas.

A área onde estão construídas as unidades, na Avenida Nelson Mandela, é parte do Projeto de Urbanização Integrada dos Assentamentos Precários dos Córregos Saracantan e Colina (segundo trecho), coordenado pela Secretaria de Habitação, que será responsável pela regularização das unidades. O projeto tem como objetivo oferecer moradia adequada e excluir condições de risco à vida para as 2.897 famílias cadastradas.