A Polícia Civil interrompeu uma balada clandestina na Zona Norte de São Paulo no fim da noite desta quinta-feira (25). Ao menos 70 pessoas estavam no local.

A balada era realizada em uma casa noturna na Avenida Gustavo Adolfo, que, segundo a polícia, já havia sido autuada anteriormente por descumprir as normas sanitárias em vigor contra a Covid-19.

O local estava “emparedado” pela prefeitura. O dono retirou o lacre e abriu a casa. Quando a polícia chegou, um dos responsáveis tentou fugir pelo telhado, mas acabou detido.

No estabelecimento, que conta até com piscina, os clientes não usavam máscaras e dividiam narguilés.

No estabelecimento, os clientes não usavam máscaras e dividiam narguilés. — Foto: Reprodução

No estabelecimento, os clientes não usavam máscaras e dividiam narguilés. — Foto: Reprodução

Deixe uma resposta