Polícia investiga lixão de Diadema

DSCF7189Da redação

Moradores de Diadema prestaram depoimento na Delegacia de Meio Ambiente sobre os problemas na estação de resíduos sólidos. A estação de transbordo foi inaugurada em 2011 com a finalidade de reunir os resíduos do município e enviar o lixo remanescente para o Aterro Sanitário Lara, em Mauá.

Acontece que, nos últimos meses as pilhas de lixo têm se acumulado, extrapolando as barreiras do terreno, e os moradores reclamam da proliferação de ratazanas e urubus que foram atraídos pelos redíduos.

Além de encaminhar perícia técnica para a estação de transbordo, o delegado responsável pelo caso informou que o inquérito irá apurar se há crime ambiental no local.