Polícia japonesa divulga novo balanço de mortes após ataques

Da redação

japan-flag-1332902_960_720O centro que tem foco para deficientes, fica em um bairro residencial, além de ser dividido em alguns blocos, podendo abrigar até 160 pacientes. Segundo a polícia local, mais quatro mortes foram confirmadas. O número já chega a 19 assassinatos.

O ataque com faca aconteceu em uma clínica para deficientes na cidade de Sagamihara, a oeste de Tóquio. Até o último balanço, eram 15 mortes e 45 feridos, quatro em estado gravíssimo e inconscientes. O número de pessoas em estado grave chega a 20.
Segundo a polícia, o responsável pelo ataque era ex-funcionário da clínica. O homem de 26 anos se entregou à polícia meia hora depois do ocorrido. Na hora do crime, 149 deficientes com faixa etária de 19 a 75 anos estavam no local.