Política: STF vota pela restrição ao foro privilegiado para parlamentares

A maioria do Supremo Tribunal Federal (STF) votou hoje (23) a favor da restrição ao foro privilegiado para deputados e senadores.

Sete dos 11 integrantes da Corte se manifestaram a favor a algum tipo de restrição na competência do tribunal para julgar crimes praticados por deputados e senadores. Os demais ministros devem votar após o intervalo da sessão.

Para os ministros, deputados federais e senadores somente devem responder a processos no STF se o crime for praticado no exercício do mandato.