Por falta de pagamento, Sabesp encerra negociações com Semasa

Da redação

Dois meses após a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) ter negociado – por meio de um protocolo de intenções, dívidas oriundas das prefeituras de Santo André (Semasa) e Mauá (Sama), a companhia emitiu nota comunicando que encerraria as negociações com as autarquias públicas, que não cumpriram com sua parte para equacionar as dívidas existentes. A partir de agora a Sabesp segue com ações judiciais.

Em nota assinada por Rui de Britto Álvares Affonso, diretor econômico-financeiro de relações com investidores, a companhia afirmou que: “continuará a envidar todos os esforços nas esferas administrativa e judicial para a recuperação dos créditos devidos por esses municípios à Companhia”.

Segundo a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, a dívida de Santo André é de aproximadamente R$ 2,9 bilhões. O Semasa não se manifestou a respeito.