Prefeito Orlando Morando vistoria obras do Viaduto Tereza Delta

Parte integrante do Corredor Leste-Oeste, uma das mais importantes obras viárias de São Bernardo, a duplicação do Viaduto Tereza Delta, localizada no Km 20,7 da Rodovia Anchieta, avançou em mais uma etapa com a concretagem do trecho 4, na manhã da última quinta-feira (06). O prefeito Orlando Morando fez uma vistoria no local, acompanhado pelo secretário de Transportes e Vias Públicas, Delson José Amador.

A duplicação integra o lote 2 de instalação deste corredor, que ligará duas regiões adensadas da cidade, desde a Praça dos Bombeiros, na região do Bairro Ferrazópolis, às proximidades da Rodovia dos Imigrantes, na divisa com Diadema. Nesta parte da obra serão utilizados 63 caminhões de concreto – equivalente a 500 m³ –  e conta com 120 trabalhadores. Esse trecho já havia recebido 200 m³ de concreto para construção da laje de fundo.

Reiniciado no segundo semestre de 2017, o empreendimento está dividido em três etapas, com conclusão prevista para o fim de 2019. A construção do novo viaduto, das alças de acesso e mais a proteção do oleoduto da Petrobras, estão estimadas em R$ 127 milhões. As obras são financiadas com recursos da Caixa Econômica Federal (CEF) e pela Corporação Andina de Fomento (CAF).

Obras em andamento por toda a cidade – o conjunto de obras na área de Mobilidade Urbana prevê a implantação de 12 corredores de ônibus. O Leste-Oeste é o maior deles, com 13 quilômetros. São quatro viadutos ao longo de sua extensão; o Viaduto Mamãe Clory, na esquina das Avenidas José Odorizzi e Robert Kennedy, já inaugurado em agosto; na Avenida Castelo Branco, na altura da Rua dos Flamingos, que ligará a Rodovia Imigrantes; na alça de acesso à Rodovia Anchieta, no Km 20,7 (duplicação do Viaduto Tereza Delta) e na Praça dos Bombeiros.

O programa ainda prevê três terminais: Grande Alvarenga, já inaugurado; Batistini e São Pedro, cujas ordens de serviços já foram autorizadas pelo prefeito Orlando Morando.