Prefeitura avança com desapropriações para duplicação da Estrada dos Alvarengas

Da Redação
Com objetivo de dar maior celeridade à retomada das obras de duplicação da Estrada dos Alvarengas, no bairro Alvarenga, a Prefeitura de São Bernardo deu continuidade, na manhã desta quinta-feira (12/07), às ações de desapropriação de imóveis posicionados em áreas de abrangência do projeto, que prevê, entre outras melhorias, a instalação de um corredor exclusivo para ônibus. Ao todo, foram cinco propriedades demolidas, após acordo financeiro entre proprietários e Administração e posterior autorização da Justiça.
 
Diante do aval, as atividades de remoção das construções localizadas na proximidade da Rua dos Pinhais foram iniciadas de imediato, com acompanhamento do prefeito Orlando Morando, e dos secretários de Transportes e Vias Públicas, Delson José Amador, e de Serviços Urbanos, Mario Orsolan. “As desapropriações são passo fundamental para o bom andamento do projeto. Porém, em alguns casos o processo se estende por período muito maior do que o previsto, porque envolve burocracia e um acordo entre partes que nem sempre é alcançado de forma rápida. Isso acarreta na judicialização, o que é um direito dos proprietários, mas que atrasa a prosseguimento das obras”, explicou o chefe do Executivo.
 
Atualmente, outros cinco imóveis estão em processo de transmissão de posse, incluindo um grande estabelecimento comercial que vinha oferecendo resistência na negociação. Por meio de articulação da Procuradoria Geral do Município (PGM), um acordo foi firmado e, ainda em julho, novo trecho de obras será retomado. Com isso, até o final deste ano será concluído o percurso desde a portaria do antigo clube da Ford até o Jardim Falcão. A obra completa será entregue à população ainda neste mandato.
 
“No passado foram desapropriadas áreas que não necessitavam de desapropriações. Assumimos o projeto justamente no trecho que demanda essas remoções, por isso tivemos período de morosidade nas obras. Mas, aos poucos, vamos avançando, com atuação muito forte da nossa PGM no desembaraço dos acordos”, completou o prefeito.
 
Corredor Alvarenga – Quando concluído, o projeto permitirá a ligação entre a Praça Giovanni Breda, no Bairro Assunção, até as proximidades da Rodovia dos Imigrantes. O investimento total é estimado em R$ 70 milhões, com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). A expectativa é que o novo viário beneficie aproximadamente 60 mil usuários diariamente.
 
O corredor também será composto por Estação de Conexão, a ECO Alvarenga, que ficará localizada na intersecção com a Estrada da Cama Patente; dez paradas no sentido Centro-Bairro e nove paradas no sentido Bairro-Centro. A obra prevê alargamento da pista, reforço do subsolo, implantação de novas guias e sarjetas, de pontos de parada, remoção de postes, entre outras intervenções. A proposta é dar maior agilidade e conforto durante as viagens.