Início Política ABC Prefeitura de Diadema atualiza números da pandemia

Prefeitura de Diadema atualiza números da pandemia

A Prefeitura de Diadema informa que, de acordo com o Boletim Epidemiológico COVID-19 desta sexta-feira (3/7), o município registra 3.665 casos confirmados, 2.689 descartados e 6.761 casos suspeitos em andamento.

Os casos confirmados estão distribuídos nas 20 áreas de abrangências das Unidades Básicas de Saúde da seguinte forma: Centro (500), Inamar (255), Serraria (245), Paineiras (233), Nogueira (202), Promissão (199), Real (194), Reid (200), Canhema (179), Ruyce (180), Eldorado (170), Conceição (152), Maria Tereza (138), Casa Grande (149), Nações (145), Piraporinha (132), Nova Conquista (123), ABC (119), Paulina (100) e São José (51).

Com relação aos óbitos pela doença, o município confirmou mais cinco casos, registrando 239 casos confirmados, 15 em investigação e 134 suspeitos foram descartados.  Foram registrados dois óbitos em homens, sendo um com 53 anos morador do Centro, falecido em 2/7 e o outro com 68 anos morador do Reid,  falecido em 6/65. Os outros três óbitos são de mulheres, sendo uma com 47 anos, moradora do Bairro Paulina, falecida em 12/6, outra com 62 anos, moradora da Vila Nogueira, falecida em 19/6 e a última com 82 anos, moradora do Promissão, falecida em 21/6. 


Os óbitos confirmados também estão distribuídos por área
 de abrangência de cada UBS da seguinte forma: Centro (36), Paineiras (18), Ruyce (17), Conceição (16), Inamar (15), Nações (14), Casa Grande (12), Maria Tereza (12), Canhema (11), Serraria (11), Real (10), Reid (11), Nogueira (9), Paulina (9), Promissão (9), Eldorado (7), Nova Piraporinha (7), Conquista (6), ABC (6) e São José (3).

Do total de 1.783 pessoas internadas por suspeita de covid-19 desde o início da pandemia, 707 foram descartados e, destes, 325 já receberam alta hospitalar. Dentre os não descartados, 424 receberam alta e 411 continuam internados (sendo 331 confirmados e 80 em investigação para covid-19).

A taxa de ocupação de leitos exclusivos para covid-19, sob gestão do município, é de 73%.  

Deixe uma resposta