Prefeitura de Santo André propõe lei que proíbe fogos de artifício

Por Bianca Goes

Na última sexta-feira, dia 25, a prefeitura de Santo André lançou um novo projeto de lei, relacionado à poluição sonora. A proposta é contra o consumo de fogos de artifício na cidade.

De acordo com o Ministério da Saúde, no período de 2008 a 2016, 4 577 pessoas foram internadas para tratamento, por acidentes com fogos de artifício.

O ruído causado pela queima dos fogos pode ultrapassar 125 dB, o que equivale ao som de um avião a jato.

Os animais, também são vítimas das queimas de fogos, principalmente os que possuem alguma sensibilidade auditiva. Além disso, a poluição sonora provoca também perturbação de pacientes em hospitais e clínicas.

A proposta, ainda precisa ser aprovada pelos vereadores antes de entrar em vigor. A proibição prevista no projeto vale tanto para áreas públicas e privadas, em locais recintos abertos ou fechados. A multa cobrada será no valor de R$ 1926,35. Em caso de reincidência, dentro de um prazo de 30 dias, o valor da multa será dobrado.