Prefeitura de São Bernardo lança a campanha Declaração Solidária

Da redação

A destinação de 6% do Imposto de Renda (IR) devido, pago ao Governo Federal, pode ser escolhida pelo contribuinte. Com o objetivo de divulgar esta informação para a população é que a Prefeitura de São Bernardo, por meio do Fundo Social de Solidariedade, lançou, nesta quinta-feira (22/02), a campanha Declaração Solidária.

Durante a cerimônia de lançamento, no Teatro Cacilda Becker, no Paço Municipal, com a presença do prefeito Orlando Morando, do vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos, Marcelo Lima, do Dr. Mario Benjamin Bartos, Delegado da Receita Federal do Brasil em São Bernardo, dos promotores de Juventude e Cidade de São Bernardo, Dra. Vera Lucia de Toledo e Dr. Alexandre Petri, entre outras autoridades, a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Carla Morando, destacou que seu trabalho não está apenas voltados aos projetos próprios da Pasta.

Segundo o presidente da Receita Federal do Brasil, Dr. Mario Benjamin Bartos, em São Bernardo esta iniciativa foi criada em 1990, mas muitas pessoas desconhecem.

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, admitiu em sua fala que sempre fez suas declarações de Imposto de Renda sem destinação específica, por falta de conhecimento.

Todo cidadão pode doar parte de seu imposto devido, basta optar pela Declaração de Ajuste Anual de Imposto de Renda Completa. O valor pode, inclusive, ser destinado a mais de uma instituição, desde que não ultrapasse os 6%. Empresas também podem doar durante todo o ano, 1% de seus impostos devidos.