Prefeitura de São Bernardo lança “Craques do Futuro”, projeto de formação em futebol voltado à 5 mil crianças e adolescentes

Tradicional celeiro de formação de atletas de futebol, São Bernardo acaba de ganhar um novo projeto de formação esportiva desta modalidade para crianças e adolescentes. Sob inspiração do saudoso professor José Rossi, o projeto ganhou o nome de “Craques do Futuro”, atendendo 5.000 alunos, com idade entre 7 e 16 anos. A iniciativa foi oficialmente lançada na manhã desta sexta-feira (28/09), no Salão Nobre da Prefeitura, e contou com a presença do prefeito Orlando Morando, do secretário de Esporte e Lazer, Alex Mognon, vereadores, do presidente da Liga Amadora de Futebol, João Fernandes, autoridades e monitores esportivos.
 
“O futebol é o esporte mais amado do nosso país e de nossa cidade também. Não é à toa que São Bernardo é um tradicional celeiro na formação de jogadores de futebol. Tanto que o modelo de formação que nossa gestão está trazendo não é novo. Foi implementado, na década de 1970, pelo saudoso professor José Rossi. Com o slogan ‘bola nos pés e livro nas mãos’, a iniciativa formava cidadãos por meio do futebol. Essa história conheço bem, pois fui aluno da escolinha do professor José Rossi, no Batistini, que também tinha uma chácara atrás do armazém do meu pai. Ainda fui aluno do filho dele na Faculdade de Direito e sei o quanto esse projeto fez a diferença na vida das pessoas”, afirmou o prefeito Orlando Morando, que no seu período na escolinha jogava como goleiro.
 
Idealizado pela Prefeitura de São bernardo, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer, com parceria da Liga Amadora de Futebol de São Bernardo, o projeto “Craques do Futuro” tem os seguintes objetivos: iniciar a construção da cidadania por meio a prática do futebol, estimulando as crianças e jovens a estudarem, assim como a adquirirem o prazer em praticar a atividade física, prevenindo o sedentarismo e incentivando a melhora na qualidade de vida. A iniciativa contará com 30 monitores, em 24 núcleos de formação esportiva.
 
Durante a solenidade de lançamento, o prefeito Orlando Morando enfatizou a importância da participação da iniciativa privada. “Estamos abertos a propostas vindas de empresas privadas. Com esse apoio,  a Prefeitura terá condições de ampliar o número de vagas oferecidas”, disse. As vagas oferecidas atualmente serão ofertadas aos alunos que  participavam de um projeto de formação esportiva mantida por um clube de futebol da cidade.
 
O secretário de Esporte e Lazer, Alex Mognon, destacou a relevância das escolinhas de futebol de São Bernardo e de seus monitores. “Trata-se de um projeto muito importante para a cidade, que formou inúmeros atletas profissionais, tanto nas categorias feminina e masculina. Por isso, ressaltamos a importância de o município ter uma iniciativa desse tipo sob sua gestão”, disse.
 
PIONEIRO – O ex-jogador e professor José Rossi foi pioneiro na criação de escolinhas de formação esportiva em São Bernardo, iniciando o trabalho de base no esporte ainda na década de 1970. Formado em Direito e Psicologia, Rossi desenvolveu seu trabalho com o sistema escola-esporte “Bola nos pés, livro nas mãos” a partir de valores éticos e a importância de educar por meio do esporte valorizando o futebol como elemento para construção da cidadania. Em sua homenagem foi criado o Campeonato de Futebol Municipal José Rossi.
Redação