Prefeitura de São Bernardo segue garantindo acolhimento aos moradores afetados pelas chuvas

560 famílias receberam suporte no terceiro dia de atendimento na subprefeitura do Rudge Ramos; prefeito Orlando Morando deverá aumentar os benefícios com a inclusão da isenção da taxa de lixo para todas as residências atingidas pela tempestade

Com o apoio da sociedade civil, a Prefeitura de São Bernardo continua o atendimento aos moradores atingidos pela forte chuva ocorrida no último domingo (10/03) na Subprefeitura do Rudge Ramos (Rua Jacquey, 61). Neste local, foi disponibilizada a estrutura para atender as 14 medidas de suporte às vítimas anunciadas pelo prefeito Orlando Morando, na última segunda-feira (11/03), ao assinar o decreto de calamidade pública.

Empresas, igrejas, entidades da sociedade civil e diversos voluntários aderiram à causa e estão auxiliando no atendimento aos moradores. Até o momento, foram arrecadados 9.385 itens, entre produtos de limpeza, higiene pessoal, alimentação e roupas. A empresária Dayane Soares Capano, moradora do Demarchi, iniciou a mobilização de um grupo ainda no domingo, que hoje conta com 46 pessoas.

São Bernardo é a única cidade atingida pelas fortes chuvas que disponibilizou a estrutura para atender os moradores. Em três dias de força-tarefa, 560 famílias foram atendidas, sendo 1.450 adultos e 380 crianças. Foram doados 900 colchões e colchonetes, 700 travesseiros, 372 cobertores, além da formalização de 449 requerimentos para isenção do IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano), disponibilização de 480 cartões de vale-alimentação e outros 290 cartões com 30 viagens gratuitas no transporte público por 30 dias, 581 pedidos para isenção do valor excedente da média de consumo da Sabesp, a orientação a 153 famílias sobre o combate de doenças realizados pelo Centro de Controle de Zoonoses.

O prefeito Orlando Morando, acompanhado do presidente da Câmara Municipal, Ramon Ramos, visitou o local na tarde desta quinta-feira (14/03). Conversou com moradores e anunciou o envio de um projeto de lei para incluir a isenção da taxa de lixo para as residências atendidas. No mesmo dia, o chefe do Executivo confirmou a ampliação dos dias de atendimento: a Subprefeitura ficará aberta no sábado e domingo, das 8h às 12h, para dar suporte aos moradores que ainda não foram ao local.

A Defesa Civil interditou mais oito imóveis que sofreram com deslocamento de terra na cidade. No total, São Bernardo está com 143 moradias interditadas nos seguintes bairros: Parque São Bernardo, Vila São José, Vila São Pedro, Montanhão, Alves Dias, Parque Estoril, Ferrazópolis. Demarchi, Vila Esperança, Jesus de Nazareth, Areião, Jardim Santo Inácio, Taboão, Jardim Jussara, Jardim Telma, Golden Park, Pedreira, Grotão, Nova Baeta e Batistini. Os munícipes foram encaminhados para atendimento pela SAS na subprefeitura do Rudge Ramos