Prefeitura de SBC incentiva doação de sangue

Em comemoração ao Dia Nacional do Doador de Sangue, a Prefeitura de São Bernardo realizou uma ação para incentivar à população a doar sangue e a ampliar os estoques do município.  O prefeito Orlando Morando e o secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple, estiveram nesta segunda-feira (27/11), no posto de coleta da Colsan, localizado na Rua Pedro Jacobuci, 440, na Vila Euclides, e realizaram a doação.
 
 A Colsan disponibiliza sangue para os hospitais municipais da cidade, sendo eles: Hospital Pronto Socorro Central, Hospital Municipal Universitário e Hospital de Clínicas. Porém, devido à proximidade férias e das festas de fim de ano, o estoque opera apenas com 60% da sua capacidade total. Hoje, o estoque do hemocentro é suficiente para atender apenas por mais 10 dias a demanda dos hospitais da região. 
 
Com o objetivo de manter a cidade dentro do alinhamento necessário, o chefe do Executivo destacou horário em sua agenda e realizou a doação. “Eu sou doador há anos e reconheço o quanto esse ato pode ajudar a salvar a vida de uma pessoa.  Se todas as pessoas fizessem a sua parte, não estaríamos com os estoques tão baixos. Uma simples doação, que dura apenas 6 minutos, pode fazer a diferença. Faça esse gesto, a nossa cidade está precisando”, disse Morando. 
 
Para o responsável da pasta de Saúde, a conscientização e a mobilização são essenciais na hora de ajudar quem necessita da doação. “Uma bolsa de sangue pode ajudar a salvar a vida de até quatro pessoas e precisamos incentivar a população a realizar este ato, afinal doar sangue é semelhante a doar vida. Vamos convocar todos e juntos reabastecer os estoques do município”, ressaltou Dr. Geraldo. 
 
Para doar, basta ter entre 16 e 69 anos de idade, levar um documento com foto e pesar mais de 50 quilos. O doador também passará por uma avaliação médica, antes do procedimento, onde será retirada uma amostra para análise de sorologia e anemia. A coleta da coleta pode durar no máximo 50 minutos e a retirada é de 405 ml a 495 ml. As mulheres podem doar até três vezes ao ano e os homens em quatro oportunidades.