Prefeituras iniciam campanhas de vacinação contra raiva animal

Da redação

As cidades de São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, e Ribeirão Pires começaram as campanhas anuais de vacinação contra raiva animal em cães e gatos de 2016. Vale ressaltar que Santo André já imunizou 12,5 mil animais.

Em São Bernardo do Campo, a campanha começou nesta segunda-feira (15) e vai até dia 17 de setembro, diariamente, exceto nos domingos, em dezenas de pontos estratégicos da cidade, incluindo estacionamentos, praças públicas, pátios de igrejas e áreas livres de clubes e de associações de moradores, além da sede do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses). A cidade pretende vacinar mais de 50 mil cães e 13 mil gatos.

Na cidade de São Caetano do Sul, a campanha de vacinação contra raiva começou no dia 2 de agosto e será finalizada no dia 21, os moradores podem ser atendidos nos postos instalados pelo CCZ das 9h às 15h30. Nos dias da ação, os veterinários estarão de plantão. A meta do município é imunizar 10 mil animais.

Em Diadema, a vacinação contra a raiva em cães e gatos também começou a ser aplicada pelo CCZ da cidade a partir desta segunda-feira e vai até o dia 27. A dose será aplicada em 26 postos na cidade, das 9h às 16h. Durante o período de vacinação, o CCZ também funcionará como um posto fixo, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, e aos sábados, das 8h às 17h. A dose será disponibilizada para cães e gatos com idade a partir de três meses de vida. A orientação é para que as fêmeas não estejam grávidas e o animal não esteja doente.

A cidade de Ribeirão Pires promoverá neste sábado (20), das 9h às 16h, a vacinação de cães e gatos na Praça Central. Durante todo o mês de agosto ou até a duração do estoque, a vacinação estará disponível no CCZ de segunda à sexta-feira das 9h às 11h e das 13h às 16h, na rua Catarina Rios Giachello, 185, Jardim Boa Sorte. Para outras informações, o CCZ disponibiliza o telefone 4824-3748 para contato. A campanha de vacinação tem como meta vacinar 80% da população canina e felina da cidade. A repetição anual deste procedimento resulta num percentual muito elevado de animais vacinados, o que evita a transmissão da raiva para os humanos.

A campanha de vacinação de Santo André foi encerrada no dia 24 de março, ofereceu 56 postos entre fixos e volantes espalhados pela cidade e imunizou 12.520 animais, dos quais, 9.249 cães e 3.271 gatos.