Presidente do Bradesco é acusado de participar da operação Zelotes

1f0937c3-4a42-4eeb-80fe-cc8e215be974Por Marianna Fanti

A Policia Federal encaminhou nesta terça-feira (31), ao Ministério Público Federal relatório indiciando o presidente do Bradesco, Luiz Trabuco, e outras nove pessoas, na operação Zelotes.

O relatório aponta crimes de corrupção passiva, corrupção ativa, tráfico de influÊncia, organização criminosa e lavagem do dinheiro.

Outros dois executivos do Bradesco também foram indiciados: um dos diretores vice-presidentes, Domingos Figueiredo de Abreu, e o diretor gerente e de relações com investidores, Luiz Carlos Angelotti.

O Bradesco irá apresentar seus argumentos juridicamente por meio do seu corpo de advogados.