Prisão: Messi é condenado a 21 meses por sonegar impostos

Da redação

messiO atacante Lionel Messi e seu pai, Jorge, foram condenados a 21 meses de prisão por fraude fiscal. A decisão foi divulgada nesta quarta-feira, em audiência na cidade de Barcelona, segundo o jornal “El Periódico”.

Por não terem antecedentes criminais e a pena ser inferior a 24 meses, Messi e o pai não terão que ficar dentro da prisão. Segundo a Justiça da Espanha, o jogador pode pedir a troca da detenção por uma multa em dinheiro.

O atacante do Barcelona foi julgado por sonegar mais de 4 milhões de euros (R$ 14,6 milhões) em direitos de imagem relativos aos anos de 2007, 2008 e 2009. Messi ocultou impostos criando empresas de fachada em países como Uruguai, Belize, Suíça e Grã-Bretanha.

A sentença foi dada nesta quarta e Messi pode recorrer no Supremo Tribunal da Catalunha.