Ramalhão vai a julgamento no TJD

Da redação

Após abandonar a Copa Paulista, o Ramalhão (Esporte Clube Santo André) vai a julgamento no TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) na próxima segunda-feira (13), a partir das 18 horas.

Enquadrado no artigo 204 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva – que prevê multa de R$ 100 a R$ 100 mil, ainda resta uma esperança sobre um trecho da lei que cita punição em decorrência da desistência da competição após seu início, o que não é o caso do Santo André. A Copinha começará em 2 de julho.

De outro lado, o regulamento geral da Federação Paulista diz que o clube que abandonar um torneio oficial deverá pagar multa no valor de R$ 50 mil, além de ser rebaixado do determinado campeonato. Por este motivo será difícil o time escapar do prejuízo financeiro.

Conheça o caso

O Santo André anunciou, na última semana, a desistência de jogar a Copa Paulista por uma soma de fatores, entre eles o esforço financeiro feito na campanha do acesso à elite do Paulistão e a impossibilidade de usar o Bruno Daniel, emprestado para o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos – o estádio é um dos centros de treinamento oficial da Olimpíada.

Notícias relacionadas

EC Santo André desiste de competição. Leia mais aqui.