Início Política Brasil Ribeirão Pires intensifica ação casa a casa contra o Aedes aegypti

Ribeirão Pires intensifica ação casa a casa contra o Aedes aegypti

Profissionais da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Ribeirão Pires estão realizando Avaliação de Densidade Larvária (ADL) do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela. Desde julho, e nas próximas semanas, agentes de controle de endemia, agentes de controle de zoonoses e agentes comunitários de saúde percorrem diferentes regiões da cidade para realizar o estudo – feito casa a casa.

A ação, que nessa semana acontece no bairro Santa Luzia, tem por objetivo identificar pontos em que há proliferação do Aedes, com a eliminação do criadouro de larvas e orientação aos moradores. Esses locais serão mapeados e inseridos na ADL, realizada em atendimento às orientações da SUCEN – Superintendência de Controle de Endemias, do Governo do Estado de São Paulo.

Os profissionais que estão participando da Avaliação se apresentam com identificação da Prefeitura – coletes. Por etapas, as equipes irão vistoriar os seguintes bairros (definidos pela SUCEN): Centro, Planalto Bela Vista, Jardim Pastoril, Vila Belmiro, Vila Conceição, Vila Aparecida, Vila Aurora, Jardim Maristela, Bosque Santana, Jardim São Francisco, Vila Nova Suíssa, Parque Aliança, Jardim Valentina, Jardim Vista Linda, Jardim Caçula, Planteucal, Vila Aurora, Jardim Mirante, Jardim Serrano e Jardim Luzo.

Em fevereiro desse ano, a Prefeitura também promoveu a visita casa a casa nos bairros Jardim Jaqueline; Parque das Fontes; Santa Luzia; Jardim Petrópolis; Boa Vista; Vale do Sol; Hollywood; Conceição; Bertoldo; Bosque Santana; Centro; Vila Aurora; Centro Alto; Iramaia; Jardim Maristela; Pilar Velho; Marquesa; Estância Noblesse; e Vila Nova Suíssa.

“É de extrema importância que os moradores recebam os agentes de saúde da Prefeitura para que eles possam contribuir com a segurança das famílias ribeirão-pirenses. As equipes poderão identificar locais de risco, com potencial para serem criadouros do mosquito. Essa é uma luta de toda a população e só poderemos vencer doenças como a dengue com a ajuda de todos”, alertou a secretária de Saúde de Ribeirão Pires, Patrícia Freitas.

 

Deixe uma resposta