Saiba como lidar com a obesidade de seu gato

Da Redação

Os gatos são normalmente reconhecidos por serem animais ágeis e com muita destreza, o que para eles isso é um sinônimo claro de saúde. Se os gatos perdem essas habilidades, principalmente ao mesmo tempo que se tornam obesos, é preciso entender o que está acontecendo para ajudá-los a recuperar a saúde.

Gatos Obesos

A obesidade é definida como um acúmulo em excesso de gordura corporal. Um gato está com sobrepeso quando ele está com o peso 10% mais elevado do que o ideal, e ele pode ser considerado obeso quando seu peso supera 20% de seu peso ideal.

O risco do gato ficar obeso é mais alarmante na fase adulta, na idade situada entre os cinco e os onze anos. O que acontece em muitos casos é que o dono não consegue avaliar se o peso de seu animal de estimação está adequado, e é por isso que o acompanhamento de um veterinário é de extrema importância para prevenir a obesidade nos bichanos.

O que causa a obesidade em gatos?

Não existe somente uma determinada causa que leva um gato obeso a ficar desse jeito, mas existem alguns fatores de risco que agem de forma negativa no organismo dos nossos animais de estimação, até que tudo isso desencadeia um excesso de peso que coloca a saúde do gato em risco.

Os fatores que podem levar a obesidade felina são:

  • Idade: gatos entre cinco e onze anos de idade são mais propensos a ter problemas com a balança, e é importante que se começe a adotar as medidas preventivas quando o animal estiver com dois anos de idade.
  • Raça: gatos vira-lata têm duas vezes mais propensão a serem obesos, quando comparados com os animais de estimação de raça pura.
  • Sexo: gatos machos têm mais risco de se tornarem obesos do que as fêmeas. A esterelização dos animais aumenta ainda mais esse risco.
  • Alimentação: existem estudos que associam o consumo de alimentos de gama alta com um maior risco do gato se tornar obeso.
  • Exercício: gatos que não se exercitam e praticam atividades físicas ao ar livre têm uma chance muito maior de se tornarem obesos do que os felinos que se exercitam regularmente.
  • Problemas endócrinos: doenças como o hipotireoidismo e o uso de anticoncepcionais em gatos podem ser fatores que fazem com que o felino fique obeso.

Quais doenças estão associadas à obesidade em gatos?

Estudos relacionam a obesidade em felinos com uma série de doenças:

  • Hipertensão
  • Diabetes
  • Fígado gordo
  • Colesterol
  • Doença articular
  • Doenças infecciosas do trato urinário
  • Insuficiência respiratória

Como tratar a obesidade em gatos?

Para tratar do problema da obesidade nos felinos é necessário o acompanhamento de um veterinário, além de um firme compromisso e força de vontade da parte dos donos do animal de estimação.

O veterinário irá fazer uma avaliação inicial, na qual ele irá ver o grau de sobrepeso do animal, o seu estado geral de saúde e os fatores que levaram o animal a se tornar obeso. Depois o gato precisará perder o peso extra que está lhe causando problemas, e será preciso mudar os hábitos de vida do gato, tornando-o mais ativo e instaurando uma dieta especial para gatos obesos. Dependendo do caso, o veterinário poderá prescrever algum remédio para auxiliar no tratamento.

Depois que o gato conseguir perder o peso extra sua rotina saudável deve continuar, para que ele não volte a ficar com sobrepeso. É de extrema importância que a avaliação veterinária nunca pare de acontecer, para que se tenha certeza de que o gato está saudável.

Informações IG