Santo André celebra Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência

A Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria de Cidadania e Assistência Social e da Secretaria de Educação, em parceria com o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência, realizou na última sexta-feira (21) evento que marcou o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência.

O encontro, realizado no Centro de Formação de Professores Clarice Lispector, contou com a presença de representantes de escolas, creches, professores e familiares de alunos com deficiência.

A rede municipal de ensino atende atualmente cerca de mil crianças nas escolas municipais, na educação infantil e ensino fundamental. Há profissionais especializados no atendimento às especificidades de cada estudante.

Os professores da sala regular recebem apoio de um professor que o assessora pedagogicamente e orienta as equipes escolares e os familiares. Os alunos com problemas de mobilidade e autonomia contam com um profissional de apoio no que se refere à locomoção alimentação e higiene, em sala de aula, nos caso em que se faz necessário.

No contraturno das aulas regulares, os alunos deficientes frequentam as salas de recurso multifuncionais – são 20 unidades – que oferecem atendimento educacional especializado, focado na deficiência.

A rede municipal de Santo André conta ainda com um Pólo Bilíngue, onde todos os alunos têm acesso às duas línguas (Português e Libras). Esta unidade é composta por uma Emeief (Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental), uma creche e o CPFC (Centro Público de Formação Profissional).

A rede municipal de ensino de Santo André também tem entre seus equipamentos o Nanasa (Núcleo de Natação Adaptada de Santo André), que dá a oportunidade do contato com a água e o aprendizado da natação para as pessoas com deficiência. Atualmente 148 pessoas são atendidas no Nanasa, sendo que 70% desse total é composto por alunos da rede municipal.

Além disso, a Secretaria de Educação conta com o CAEM (Centro de Atendimento Multidisciplinar), que realiza avaliação multiprofissional (psicólogos médicos, psicopedagogos, fonoaudiólogos e terapeutas ocupacionais) e oferece atendimento aos alunos que possuem Transtornos Funcionais Específicos, Transtorno de Déficit de Atenção (TDA), Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDHA) e dislexia.