Início Política ABC Santo André inicia obras do Complexo Viário Cassaquera

Santo André inicia obras do Complexo Viário Cassaquera

Intervenções fazem parte do pacote de financiamento junto à CAF

As obras do Complexo Viário Cassaquera, na Vila Homero Thon, tiveram início oficialmente nesta sexta-feira (12), com vistoria do prefeito Paulo Serra e do superintendente do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), Ricardo Kondratovich. Os serviços serão executados pela autarquia com financiamento internacional da CAF (Corporação Andina de Fomento).

Os serviços no Cassaquera contemplam a canalização de um trecho de 1,7 quilômetro do córrego, proporcionando a melhora do escoamento de águas superficiais e a diminuição de possíveis enchentes na região.

Além disso, será criado um novo sistema viário na avenida Luiz Ignácio de Anhaia Mello até a rua Fernando Costa. A iniciativa vai melhorar a ligação da avenida Giovanni Batista Pirelli com a avenida Valentim Magalhães, criando uma nova opção para os motoristas que queiram acessar o Rodoanel. No total, serão 18 meses de obras.

“Esta é uma das intervenções mais importantes desta gestão, não só pelas melhorias que ela vai proporcionar ao bairro e à cidade, e no combate às enchentes, mas porque demonstra o resultado do trabalho sério de recuperação financeira da cidade. Com esta obra hoje, chegamos a marca histórica de mais de R$ 1 bilhão em investimentos em obras entregues ou em execução em Santo André”, comentou o prefeito Paulo Serra.

A nova estrutura da via será composta por duas pistas (de três faixas cada) e sete travessias sobre o córrego Cassaquera.

As obras foram iniciadas pelos serviços de movimentação de terra, preparação e escoramentos para as intervenções no canal e, posteriormente, execução do sistema viário.

O superintendente do Semasa, Ricardo Kondratovich, explicou que esta é a primeira das intervenções que compõem o programa Sanear Santo André. “O financiamento contempla ainda investimentos em obras de combate às enchentes na região do Córrego Guarará, beneficiando a Vila América e bairros próximos, novas Estações de Coleta e serviços de monitoramento de chuvas”.

Além da contratação das obras físicas do projeto, o Semasa também licitou a contratação de empresas de apoio ao gerenciamento do financiamento junto à CAF, supervisão de obras e para realização de trabalho técnico socioambiental junto à população do entorno. Esses procedimentos fazem parte das exigências do órgão financiador.

No total, o financiamento internacional é da ordem de US$ 50 milhões.

Deixe uma resposta