São Bernardo implanta programa de progressão vertical

Da redação

Foto: Gabriel Inamine

A Prefeitura de São Bernardo anunciou, na última quinta-feira (13), a implantação do programa de progressão vertical para 22 cargos estatutários do funcionalismo municipal. A medida irá contemplar 620 funcionários de diversas áreas da Administração, com impacto mensal de R$ 130 mil na folha de pagamento. A decisão atende à demanda da categoria e foi homologada nos atos oficias da cidade.

Baseada na evolução de cargos, a progressão irá beneficiar os funcionários nas funções de agentes contábil, cultural, de biblioteca e arquivo, de esportes, de saneamento básico, de serviços urbanos e de tesouraria; agente técnico de serviços urbanos; analistas de controladoria e de sistemas; atendente social; auditor fiscal de rendas municipais; auxiliar de biblioteca e de enfermagem; bibliotecário; caixa; contador; dentista; fiscal; fiscal de cadastro tributário; médico; e técnico de enfermagem.

Os ajustes nos vencimentos serão aplicados com valores retroativos a julho do ano passado, representando um dispêndio total de R$ 1,4 milhão já no próximo mês. Nos demais meses do exercício, a medida terá impacto de aproximadamente R$ 1 milhão. O recurso não estava previsto na peça orçamentária elaborada pela antiga administração e deverá ser garantido por meio de remanejamento de verbas.