Início Política Brasil São Bernardo aprova nova valorização para funcionários públicos

São Bernardo aprova nova valorização para funcionários públicos

Projeto proposto pelo prefeito Orlando Morando vai beneficiar cerca de 1.000 servidores, com gratificação salarial
Sob gestão Orlando Morando, a Prefeitura de São Bernardo assegurou, nesta quarta-feira (14/8), mais uma conquista de valorização para seu quadro de funcionários públicos. Por meio de iniciativa da Administração municipal, cerca de 1.000 servidores de carreira, em cargos de chefia e liderança, vinculados ao Poder Executivo e autarquias municipais, passarão incorporar aos seus vencimentos, uma vez por ano, valor equivalente a 1/5 da diferença de seu salário em cargo de liderança e a carreira efetiva, o conhecido Minerva.
 
A oficialização da medida ocorreu após os vereadores aprovarem projeto de Lei que prevê a incorporação do valor aos vencimentos dos funcionários de carreira. Com sua aprovação, o texto deve ser sancionado nos próximos dias pelo chefe do Executivo.
 
“Com essa incorporação, da função gratificada, passamos a reconhecer o trabalho desempenhado por esses servidores que tem ajudado a Administração municipal nas grandes transformações que nossa cidade precisa e merece. Uma ação importante que integra o amplo plano de valorização do funcionalismo público”, afirmou o prefeito Orlando Morando.
 
Terão direito a gratificação todos os servidores efetivos que exercem funções de liderança e que trabalham há 3 anos ou mais na Administração Direta e autarquias. Além disso, é necessário respeitar a carência de 1 ano no exercício do cargo em comissão ou função gratificada que proporcione a remuneração maior.
 
TEMPO DE SERVIÇO – Em mais uma ação de valorização do quadro de servidores públicos, o prefeito Orlando Morando também assegurou nesta quarta-feira  alteração da lei que rege Prêmio por Tempo de Serviço Público aos Servidores Municipais. Com a aprovação de vereadores, a Prefeitura amplia o benefício de licença aos servidores com mais de 30 anos de serviço.
 
Com isso, funcionários que atingirem 35 anos de trabalho poderão desfrutar de 35 dias corridos de descanso, a serem usufruídos em até três períodos. Quem completar 40 anos, por sua vez, terá 40 dias de descanso.

Deixe uma resposta