São Bernardo celebra “Cidade Educadora” no Parque Salvador Arena

Ação faz parte do calendário de aniversário de 465 anos do município e contou com a presença do prefeito Orlando Morando

Dando sequência ao calendário de atividades que marcam os 465 anos da cidade, a Prefeitura de São Bernardo efetivou nesta sexta-feira (24/08) a celebração “Cidade Educadora Comemora o Aniversário da Cidade”.

O evento, realizado no Parque Salvador Arena, contou com a presença do prefeito Orlando Morando e marcou um destaque à importância da Educação para o desenvolvimento social e urbano do município.

A programação contemplou também atrações culturais, como uma peça teatral e atividades de dança. As crianças de escolas da rede municipal e particulares participaram de oficinas de brincadeiras.

Durante o evento, o chefe do Executivo destacou que as atividades do “Cidade Educadora” não estão restritas à Educação. “Cada ação desenvolvida pelo município na área possui alcance maior, é o conjunto de atividades que melhoram a cidade e a vida dos habitantes”, pontuou.

Morando enumerou ainda os programas em operação no município. “Temos o Escola de Portas Abertas que ajuda muito na integração com as famílias e virou uma opção de lazer em bairros que não oferecem atividades. A ‘Cidade Educadora’ é uma ideia integrada que se desenvolve ao longo dos anos”, completou o chefe do Executivo.

Para a secretária de Educação, Silvia Donnini, o fator mais importante da celebração é fortalecer a “Aprender com a cidade e na cidade é a tônica deste projeto. A Educação trata de temas transversais que colaboram com a formação da cidadania”, comentou.

CONCEITO – São Bernardo é considerada uma “Cidade Educadora” desde 2008 e justamente por isso desenvolve ações ligadas ao tema.

Além de São Bernardo, mais 13 cidades brasileiras entre eles estão: São Paulo, Santo André, Horizonte, Mauá, Embu, Belo Horizonte, Sorocaba, São Carlos, Vitória, entre outras.

A proposta sugerida pelo conceito é a de que a cidade desenvolva a educação como prioridade e dialogue com outros assuntos como habitação, mobilidade, transporte e infraestrutura. Além de promover ações para o bem-estar da comunidade, a “Cidade Educadora” deve estimular atitudes individuais com foco neste bem comum.

Conforme as diretrizes do projeto, uma cidade educadora é aquela que, para além de suas funções tradicionais, reconhece, promove e exerce um papel educador na vida dos cidadãos, assumindo como desafio permanente a formação integral de seus habitantes.

Neste aspecto, as diferentes políticas, espaços, tempos e atores são compreendidos como agentes pedagógicos, capazes de apoiar o desenvolvimento de todo potencial humano.

Redação