Início Popular São Bernardo é a cidade menos vulnerável à Covid-19

São Bernardo é a cidade menos vulnerável à Covid-19

Estudo do Instituto Votorantim colocou o município em local de destaque após reunir dados do IBGE, SUS, CNES e da ANSS, baseados na economia local, estrutura e organização do sistema de saúde, população vulnerável e capacidade fiscal da administração municipal

O plano de enfrentamento e preparação da estrutura hospitalar de São Bernardo levou o município a ser classificado como o menos vulnerável à Covid-19, entre as cidades da Região Metropolitana, de acordo com o estudo publicado pelo Instituto Vontorantim.

A pesquisa se baseou em dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Sistema Único de Saúde (SUS), Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) e da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANSS) e levou em consideração 5 pilares: população vulnerável, economia local, estrutura do sistema de saúde, organização do sistema de saúde e capacidade fiscal da administração municipal.

Desta forma, o indicador possibilitou uma verificação sobre ações preventivas em relação aos impactos do coronavírus, destacando a viabilidade e resultado que cada município atingiu, de acordo com sua realidade de enfrentamento.

“Desde o início da pandemia não hesitamos em trabalhar na proteção de vidas. Colocamos como prioridade os planos de combate ao vírus e de acolhimento da população, estruturando a cidade de forma célere”, destacou o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando.

Segundo o estudo, cada indicador tem peso que varia de 0 a 100: quanto mais alto o valor, maior é a vulnerabilidade. No ranking geral, São Bernardo obteve índice 30,06, consolidada no primeiro lugar. O segundo e terceiro colocados foram: São Caetano (38,61) e Cajamar (39,18).

ESTRUTURA – Entre as ações executadas no município neste período de pandemia, está a inauguração de dois hospitais permanentes (Novo Anchieta e Hospital de Urgência), inaugurados em 30 de abril e 14 de maio, respectivamente. Ambos equipamentos proporcionaram mais 350 leitos à cidade, fortalecendo a rede municipal de São Bernardo, que hoje conta com 517 leitos exclusivos para a Covid-19, sendo 151 de UTI e 366 de enfermaria.

Outras medidas também foram praticadas simultaneamente, como a contratação de 1.500 de profissionais da Saúde, pacote de investimentos, além de demais ações.

Deixe uma resposta