São Paulo vai pagar compra de Maicon com receita ‘inesperada’ da Libertadores

Maicon se tornou o grande líder do elenco são-paulino ao longo da Libertadores
Maicon se tornou o grande líder do elenco são-paulino ao longo da Libertadores

O São Paulo já sabe de onde tirar os R$ 19 milhões prometidos ao Porto para adquirir Maicon: das receitas que não estavam na projeção do clube com a Taça Libertadores. Explica-se: no início do ano, quando fez a previsão orçamentária para 2016, o presidente Leco estimou que o Tricolor alcançaria até as oitavas de final.

Graças também à presença de Maicon, o São Paulo já avançou duas fases em relação à perspectiva inicial. E as presenças nas quartas de final e na semifinal vão render quase de R$ 18 milhões. São R$ 6,2 milhões de renda líquida na semifinal e outros R$ 4,3 milhões nas quartas de final, além das cotas da Conmebol: R$ 4,1 milhões por estar entre os quatro melhores e R$ 3,1 milhões devido à participação diante do Atlético-MG.

“A presença do Maicon contribuiu diretamente para termos alcançado essa receita”, avalia o diretor-executivo do São Paulo, Gustavo Vieira de Oliveira, que conduziu a negociação com o Porto nas últimas semanas.

O Tricolor ainda terá três anos para bancar a compra do zagueiro, que tem 27 anos e se transformou no grande líder do elenco desde sua chegada, por empréstimo, no início da temporada. Na campanha da Libertadores, ele chegou a atuar como goleiro, nos minutos finais da partida contra o Strongest, na altitude de La Paz.

Na transação, o Porto também conseguiu ficar com metade dos direitos econômicos do zagueiro Lucão e do lateral-esquerdo Inácio. Em um ano, caso não queira adquirir mais 10% de cada um dos jovens, o clube de Portugal terá direito a receber mais R$ 3,6 milhões do São Paulo. Se optar por ficar com 10% de apenas um deles, o Porto embolsará R$ 1,8 milhão.

Já o time paulista passará a contar com 37,5% dos direitos econômicos de Lucão e 38,5% de Inácio. Nenhum dos atletas estava sendo aproveitado por Edgardo Bauza. Eles devem embarcar já na semana que vem para realizar exames médicos e assinar contrato.