Foto: Ituano / Miguel Schincariol

O São Paulo é o primeiro time classificado para as quartas de final do Campeonato Paulista. Nesta noite, o Tricolor bateu o Ituano por 3 a 0, no estádio Novelli Junior, e chegou a 25 pontos no Grupo B. A equipe de Hernán Crespo não pode mais ser ultrapassada pela Ferroviária, que empatou hoje com o Red Bull Bragantino, e ainda pode garantir o primeiro lugar da chave caso a Ponte Preta não vença a Inter de Limeira amanhã.

Mesmo com time reserva por conta da maratona de jogos, o São Paulo dominou desde os primeiros minutos o duelo com o Ituano, que teve dois expulsos no segundo tempo. O Tricolor chegou à sétima vitória consecutiva, sendo seis pelo Paulistão e uma pela Libertadores, com 100% de aproveitamento desde a retomada dos jogos após a paralisação em razão do coronavírus.

Classificado no Paulistão, o São Paulo joga na quinta-feira (29), pela Libertadores, contra o uruguaio Rentistas. Pelo campeonato estadual, o Tricolor volta a campo no clássico diante do Corinthians, no próximo fim de semana.

Já o Ituano acumula uma sequência de cinco derrotas e está na lanterna do Grupo C, com sete pontos. A equipe enfrenta o São Caetano na quarta-feira (28), no Anacleto Campanella.

São Paulo não demora para abrir o placar

O jogo começou aberto, com os dois times buscando o ataque, e o São Paulo teve pênalti logo aos seis minutos, quando Galeano disparou pela direita, invadiu a área e foi derrubado por Sueliton. O zagueiro Rodrigo Freitas, que tem 22 anos e era batedor na base, mostrou categoria ao cobrar no canto esquerdo do goleiro Pegarari. Foi o primeiro gol do defensor em seu quinto jogo pelo time profissional.

Igor Vinícius amplia para o São Paulo

Após abrir o placar, o São Paulo continuou melhor e em cima do Ituano. O segundo gol também não demorou a sair: aos 22 minutos, Welington cruzou da esquerda, a bola atravessou a área e sobrou para Igor Vinícius, que, sem marcação, finalizou para ampliar.

Ritmo do jogo diminui

Com 2 a 0 no placar, o São Paulo já não mostrava o mesmo ímpeto no ataque e mais administrava a posse de bola. O Ituano, por sua vez, errava muito e não conseguia criar lances de perigo.

Ituano tem Jeferson expulso no segundo tempo

Se a situação do Ituano estava difícil, ficou pior aos 12 minutos do segundo tempo. Jeferson pisou no tornozelo direito de Léo e foi expulso após o árbitro Raphael Claus ser chamado pelo VAR para rever o lance no monitor e trocar o cartão amarelo pelo vermelho.

Galeano tem gol anulado pelo VAR, mas depois marca

Aos 20, Galeano recebeu ótimo passe de Igor Vinícius e marcou, mas o VAR assinalou impedimento no início da jogada. Aos 28, porém, o atacante paraguaio pôde comemorar seu primeiro gol pelo São Paulo. Após ajeitada de Igor Gomes, ele se atrapalhou com a bola, mas conseguiu mandar para o fundo da rede.

Ituano tem mais um jogador expulso

Logo depois do terceiro gol do São Paulo, a situação do Ituano ficou ainda pior. Aos 31, Gabriel Taliari recebeu o cartão vermelho por entrada forte, de sola, em Diego Costa.

Deixe uma resposta