São Paulo vende Kardec por R$ 18 milhões e lucra R$ 5 milhões

Em baixa, atacante marcou apenas quatro gols em 35 jogos na temporada
Em baixa, atacante marcou apenas quatro gols em 35 jogos na temporada

O Tricolor fechou há instantes a venda de Alan Kardec para o Chongqing Lifan, da China. O acerto vai render R$ 18 milhões por 70% dos direitos econômicos, valor comemorado pelo presidente Leco. Os últimos detalhes foram amarrados em reunião no fim da manhã, no CT da Barra Funda.

Existia pressa, já que a janela de transferências da China termina às 13h desta sexta-feira. Por causa de uma queda do sistema de transferências da Fifa, Tricolor e Lifan pediram uma validação excepcional à entidade. Kardec também acenou positivamente em relação à possibilidade de defender a equipe que havia tentado, na semana passada, contratar o atleticano Lucas Pratto.

Com o negócio, o São Paulo conseguirá ter lucro com Kardec. Comprado em alta por R$ 13 milhões, depois de deixar ótima impressão no Palmeiras, o atacante está rendendo R$ 5 milhões ao Tricolor. Importante: o clube ainda vai ficar com 30% dos direitos sobre Kardec.

Com a saída de Calleri, que se despediu na quarta-feira, imaginava-se que Kardec assumiria a condição de titular absoluto. Porém, seu momento no São Paulo não é dos melhores: foram apenas quatro gols em 35 partidas na temporada.