TCE considera irregular mais um contrato de Auricchio

josc3a9-auricchio-f-raquel-tothDa redação

Contrato feito pelo ex-prefeito de São Caetano José Auricchio Júnior (PSDB) com a Construtora Augusto Velloso para a construção do PS (Pronto Socorro) foi julgado irregular pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado). O contrato teve o valor de R$ 8,5 milhões.

Pela irregularidade, Auricchio foi multado em 500 Ufesps (Unidades Fiscais de Referência), equivalente hoje a R$ 11,7 mil.

Entre as falhas apontadas pelo tribunal está o fato do ex-prefeito ter feito a indicação de marcas de fabricantes dos materiais, além de excessivas exigências para comprovação de qualificação operacional e profissional.